quinta-feira, 16 de maio de 2013

Anjo da Cara Suja


Me julgaram uma serpente

mas fui apenas um anjo traído

E ensinei alguns homens a voar

Mas um anjo que caí

tem medo do chão, tem medo do ar

E se as serpentes soubessem voar

ai dos homens, ai dos homens

Eu sou o anjo da cara suja,

eu sou o anjo da cara suja

Eu posso voar, Eu posso voar

E aos homens

apenas as sombras desse tal de Paraíso

desse tal de Paraíso



- Olhos da Lua